Início > Sem categoria > Olimpíada no Rio exigirá investimento de ao menos US$ 14,4 bi

Olimpíada no Rio exigirá investimento de ao menos US$ 14,4 bi

Por Giseli Cabrini | 02.10.2009 | 13h49

(3 de 4)

Apesar de a rede hoteleira constituir um dos principais gargalos das Olimpíadas no Rio em 2016, esse é um dos segmentos que mais foi beneficiado pelo Pan 2007. A competição atraiu 171.000 turistas, sendo 68.000 estrangeiros. O saldo de recursos deixado na cidade foi de 897,8 milhões de reais. A rede Windsor, por exemplo, até hoje colhe os frutos de ter sido escolhida como o hotel oficial do Pan. “A visibilidade que ganhamos é algo difícil de mensurar. Nós praticamente nos tornamos sinônimo de acomodação para eventos esportivos. Recebemos delegações e executivos ligados a esses eventos, hospedamos a seleção brasileira e somos a rede oficial do Campeonato Brasileiro para os jogos que acontecem no Rio”, afirma o gerente de marketing, Paulo Marcos Ribeiro.

Construtoras e companhias aéreas

A construtora Agenco, responsável pelas obras do Complexo da Vila Pan-Americana, também foi beneficiada pelo evento. A inspiração veio da Vila dos Atletas dos Jogos Olímpicos de Barcelona. O empreendimento, inicialmente ocupado pelas delegações esportivas, foi depois comercializado ao público. A empresa comercializou 93% das unidades do Complexo da Vila Pan-Americana em 24 horas.

Gol e TAM também preveem o aumento na demanda por voos com a Copa e a Olimpíada. Até 2013, a frota da TAM, deverá passar de 132 para 152 aeronaves e a da Gol, das atuais 108 para 127. Uma das patrocinadoras da candidatura do Rio, a TAM. aposta no crescimento do setor de turismo com expansão da demanda por passagens domésticas e internacionais. A empresa acredita que o mercado brasileiro de aviação comercial tem potencial para dobrar de tamanho até 2014, mas pondera que isso exige investimentos em infraestrutura aeroportuária.

Herança maldita?

Especialistas consultados pelo Portal EXAME dizem que a realização das Olimpíadas traz prós e contras para a cidade. Embora a realização do evento traga um retorno intangível para a imagem do Rio e do Brasil, há riscos de estouro no orçamento prévio. Outra preocupação envolve os altos investimentos que poderiam ser direcionados para áreas prioritárias como educação e saúde, mas são aplicados em instalações esportivas que depois podem ficar subutilizadas, a exemplo do que ocorreu com as obras do Pan.

(Continua)

Categorias:Sem categoria
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: