Início > Notícias > Medo do calote

Medo do calote

Raphael Alves
Presidente da Femicro-AM, Ray Lima, diz que problema é a mudança

Terezinha Patricia
Equipe de A CRÍTICA

As compras públicas nas três esferas: federal, estadual e municipal e as estatais representam R$ 350 bilhões ao ano no País. No Amazonas o Sebrae ainda está levantando o volume, mas se sabe que em 2007, as compras do Governo do Estado atingiram R$ 804 milhões e a Prefeitura, em 2006, comprou o equivalente a R$ 223 milhões.

Apesar de terem direito a uma fatia no “bolo”, as micro e pequenas empresas (MPE) não aproveitam esse nicho de mercado. Um dos motivos é o temor de fornecer ao Poder Público, que tem a fama de “mau pagador”.

Eles temem principalmente quando ocorre mudança de administradores, porque as contas pendentes dificilmente são pagas, diz a presidente da Federação da MPE do Amazonas (Femicro-AM), Ray Lima, comentando relatos que lhe são feitos pelos micro e pequenos empresários.

Outro gargalo que inibe a participação deles nas concorrências é a burocracia das licitações, como a exigência da documentação completa das empresas, incluindo certidões negativas da Receita Federal e do INSS e cumprimento de prazos.

O risco de calote existe em qualquer venda – tanto para a pessoa física quanto para a jurídica privada ou do setor público, ressalta a gerente da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae-AM, Socorro Corrêa. A orientação para os que estão começando nesse mercado é fazer uma sondagem dos clientes, outra forma é começar com pequenas compras e para entrega imediata.

Apesar das dificuldades, as MPE são responsáveis por 20% do atendimento às compras públicas nas três instâncias. “O mercado é muito promissor, os entes federados têm entendido o potencial da alavancagem do desenvolvimento local e têm procurado aumentar a participação das MPE nas suas compras”, diz Robson Schmidt, consultor do Sebrae nacional.

Para mostrar a importância desse mercado o Sebrae-AM realiza dia 23 deste mês o Fomenta Amazonas, um evento com a colaboração de compradores públicos do Governo Federal, Estadual e Municipal, que visa ampliar a participação das microempresas e empresas de pequeno porte locais nas compras públicas desses grandes compradores.

Socorro Corrêa destaca que além de palestras e oficinas, o evento propiciará a oportunidade para as MEs e EPPs e fazer um agendamento com esses grandes compradores públicos, e obter informações detalhadas de como poderão fornecer para os mesmos.

Ray Lima diz que o Fomenta Amazonas será importante para repassar informações sobre a legislação atual que garante uma fatia das compras governamentais às MPE, assim como será o momento de esclarecimento de dúvidas dos empresários.

Categorias:Notícias
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: